sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Transgênero deformada causa polêmica ao dizer que está procurando a perfeição, fotos são chocantes


Imagem: Reprodução/Youtube
A transgênero Fulvia Pellegrino, de 56 anos, já gastou muita grana em cirurgias plásticas para, segundo ela, melhorar a aparência. Já fez mais de 150 procedimentos cirúrgicos e garante que não vai parar até chegar na tão sonhada "perfeição".

Foram muitos implantes labiais, implante nas maças do rosto, silicone no peito, lipoescultura, entre outras centenas de cirurgias.

Apesar de ter retocado os lábios incontáveis vezes (até ficar assim), o principal investimento, revela, foi no bumbum! 

Só para levantar o popozão, a italiana, que é de Peveragno, desembolsou cerca de R$ 130 mil.

Fulvia descobriu ser transgênero quando tinha 15 anos. Teve medo que a família não aceitasse sua opção, já que os pais eram bastante religiosos.

"Eu nunca manifestei a minha vontade, porque era impossível o meu pai aceitar", conta. Então resolveu manter tudo em segredo... 

Andava de carrões e se esforçou para gostar das chamadas "coisas de menino". Tudo em vão. "Me sentia preso no meu próprio corpo e me escondia na garagem para usar maquiagem e me vestir como uma mulher", lembra.

Quando conheceu Marisa Altare, há 32 anos, chegou até a se casar!

Mesmo casada, como homem na época, continuou se vestindo de mulher às escondidas de todo mundo.

A mulher nunca soube de nada, até que, em 2000, Fulvia finalmente resolveu abrir o jogo e contou quem realmente era a Marisa.

Avisou para se preparar, já que estava decidida a começar a transformação.

Marisa, claro, ficou desnorteada no início, mas logo deu total apoiou.

Fulvia começou a tomar hormônios femininos e, obviamente, entrou na faca.

As duas moram juntas e são quase que melhores amigas. "Vivemos juntas, discutimos como duas pessoas normais, mas não como marido e mulher", explica.
Vídeos relacionados



R7
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...