sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Professora casada faz sexo várias vezes com amigo de 14 anos da filha e vai em cana


Imagem: Reprodução/Youtube
Sara Moore, de 35 anos, dava aulas como professora substituta na St Cloud Middle School, na Flórida (EUA). Foi presa depois que os pais do adolescente com quem ela se relacionou encontraram 12 pacotes de preservativos no quarto dele. Preocupados com a atitude do filho, eles vasculharam as redes sociais até que encontraram mensagens picantes entre a professora e garoto, de apenas 14 anos. Veja reportagem:


O garoto, cujo nome não foi revelado por questões legais, era amigo da filha de Sara. Durante as investigações, ele confirmou à polícia que foram 25 encontros sexuais.

Muitos desses encontros, de acordo com o depoimento, aconteciam no quarto da filha dela. O adolescente e a menina eram amigos e, por esse motivo — e não só esse —, ele frequentada bastante a casa da família.

Sara, que é casada e tem filhos, tentou dizer que o garoto era como "um filho adotivo". Mas, apaixonado, o adolescente não poupou detalhes e abriu o jogo para a polícia.

Em uma das mensagens mais tranquilas trocadas entre eles, o garoto dizia: "Eu quero você". Em uma outra conversa, falavam, ainda, de uma lingerie preta que ela usava durante os encontros. Mais tarde, a polícia descobriu que o carro da professora também era utilizado como uma espécie de motel. Durante uma inspeção, a polícia acabou encontrando DNA do menino em todos os cantos do veículo.

O caso estampou noticiários e jornais locais. Sara foi acusada de agressão sexual envolvendo um menor de idade. No tribunal, quando perguntaram sobre o relacionamento com a professora , o menino caiu nas lágrimas, e disse aos pais que as transas "não eram culpa dela, e que ele não queria arruinar a vida dela".
Vídeos relacionados



R7
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...