sábado, 13 de junho de 2015

Estado Islâmico pendura gays pelos pés e os joga de prédio para multidão de espectadores


Imagem: Reprodução/Youtube
Militantes do EI (Estado Islâmico) assassinaram brutalmente três homens gays após pendurá-los de um prédio de 30 metros de altura e soltá-los em meio à multidão, que tumultuava o local para ver os homens caírem, na cidade de Mosul, no Iraque. 


Segundo a publicação, nenhum dos homens morreu por causa da queda, mas as pessoas apedrejaram os gays no chão, seguindo ordens dos militantes do EI, que providenciaram a torre de pedras para a tortura.

O prédio foi escolhido a dedo por causa da altura, porque os homens teriam alguns segundos de desespero antes de chegarem ao chão. A sede da multidão por sangue era tão grande que membros do EI não puderam subir no prédio para conter as pessoas.

Essa não foi a primeira vez em que o EI divulgou imagens de torturais brutais a homens gays. Fotos e vídeos circulam pela internet frequentemente, como um tipo de propaganda para mostrar do que são capazes os terroristas.

O EI conseguiu cativar o público para a morte. Incentivando a participação da multidão por causa do apedrejamento para os que não morrem pela queda faz com que pessoas viajem por diversos quilômetros para acompanhar o “espetáculo”.

Veja também:


O Primeiro Ministro do Iraque, Haider al-Abadi, pressionou os 25 países que fazem parte da coalizão que pretende combater o EI.

— Precisamos de mais atenção. Os radicais estão tomando o país e a ajuda é extremamente necessária e urgente

Recentemente, autoridades americanos afirmaram que mais de 10 mil militantes do grupo foram mortos pela coalizão internacional 

As informações são do site DailyMail, via R7
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...