quinta-feira, 17 de julho de 2014

'Vai apodrecer', diz dono de terreno sobre vaca presa em poste no RS


Foto: Isabel Malheiros/RBS TV
O dono do terreno onde uma vaca ficou presa em um poste, no interior de São Borja, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, não pretende retirar o animal do local. O produtor rural Aldo Heck afirma que, diante das dificuldades de acesso, irá esperar que o animal apodreça. Há uma semana, por conta da cheia do Rio Uruguai, o bovino parou em cima da estrutura de madeira, em uma altura de cerca de 11 metros.

“Não é possível chegar de caminhão lá. Tem muita lama. Vou esperar ela apodrecer. Os corvos estão comendo. Ela vai cair. Por enquanto, está lá”, apontou Aldo G1.

O mau cheiro por conta da decomposição do animal não preocupa Heck. De acordo com ele, outros animais morreram com a cheia. “Não tem casa perto. Ali tem muitos outros cheiros. Perto tem umas outras 15 vacas mortas. Não são minhas, mas morreram e pararam ali”.

Para retirada da vaca, seria necessário passar próximo à barragem para chegar ao poste, com um caminhão guincho. O local, no entanto, ainda contém muita água por causa da forte chuva que atingiu a região. Nesta quinta-feira (17), precipitações voltaram a cair sobre a cidade.

Como a rede de energia elétrica da propriedade é particular, a concessionária responsável pelo abastecimento da região informou que a responsabilidade sobre a remoção do animal do poste era do proprietário do terreno. O Corpo de Bombeiros e a prefeitura também informaram que não poderiam retirar o corpo do animal do local.

Paula Menezes
Do G1 RS
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...